terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Se tu me ama, apascentas as minha ovelhas

      SE TU ME AMAS, APASCENTAS AS MINHAS OVELHAS (S. João 21-16)  

                                          Bento Bevilacqua- Maringá –Pr.

       O Senhor Jesus é o verdadeiro Rei, só que Ele, ainda não está reinando. O Senhor Jesus reinará por mil anos em cima desta terra, (Apoc. 20-6), após as tribulações e assolações do Apocalipse. O Senhor Jesus reinará os mil anos em que o satanás estará preso (Apoc. 20-2 e 20-3), então, o Senhor Jesus será o Rei dos Reis aqui na terra (Apoc. 17-14). No final dos mil anos, o Senhor Jesus entregará o reino ao Deus Pai (1Corintios15-24), para que logo em seguida venha o julgamento final e a vida eterna e Espiritual no céu. Se o Senhor Jesus estivesse reinando, não haveria tanta maldade e injustiça nesse mundo. Para existir um Rei, tem que existir um reino, um povo para ser governado por esse Rei, e todos que não ouvem esse Rei, devem serem mortos ou presos, coisa que não acontece hoje, prova que o Senhor Jesus ainda não está reinando. Em Apoc. 17-14, onde fala que, o Senhor Jesus é o Rei dos reis, isso é uma profecia que ainda se cumprirá em cima desta terra, após o apocalipse. O Senhor Jesus é o verdadeiro Pastor, só que Ele ainda não está apascentando as suas ovelhas (os fiéis). As ovelhas são do Senhor Jesus, Ele comprou com o seu próprio sangue (Atos 20-28).  Vou provar para todos, que o Senhor Jesus não está apascentando as suas ovelhas hoje: Em S.João 21-16, antes do Senhor Jesus subir ao céu, Ele falou ao Pedro: Se tu me amas, apascentas as minhas ovelhas, aqui está a grande prova, que o Senhor Jesus não está apascentando as suas ovelhas hoje, senão, Ele não iria mandar o Pedro apascentar as suas ovelhas (os fiéis). Em Atos 20-28, Paulo também fala, que os bispos (pastores, padres, presbíteros, missionários, ministros, bispos etc.) devem apascentarem as ovelhas do Senhor Jesus, que Ele comprou com o seu próprio sangue, aqui esta mais uma prova, que o Senhor Jesus não está apascentado as suas ovelhas, senão, Paulo não iria mandar os pastores apascentarem as ovelhas do Senhor. Em 1S.Pedro 5-2, Pedro também fala aos pastores, que eles devem apascentarem o rebanho do Senhor (as ovelhas), aqui também está mais uma grande prova, que o Senhor Jesus, não está apascentando as suas ovelhas, senão, o Pedro não iria mandar os pastores apascentarem as ovelhas do Senhor. O Senhor Jesus é o verdadeiro pastor, mas Ele hoje não esta apascentando as suas ovelhas. O Senhor Jesus está sentado à direita de Deus, quieto olhando e vendo tudo (Isaias 42-14. Is.18-4). Quando o Senhor Jesus subiu ao céu, Ele não deixou as suas ovelhas (os fiéis) órfão, Ele mandou o Pedro, apascentar (cuidar) das suas ovelhas (S.João 21-16). No momento que o Senhor Jesus mandou o Pedro apascentar as suas ovelhas, o Senhor Jesus transformou o Pedro em um pastor. Quando Paulo manda os lideres religiosos apascentarem as ovelhas do Senhor (Atos 20-28),Paulo também está transformando os lideres religiosos em pastores. Em 1S. Pedro 5-2, quando Pedro manda os lideres religiosos apascentarem as ovelhas do Senhor, Pedro também está transformando os lideres religiosos em pastores. Tem uma igreja que usa o véu na cabeça, cujo véu cobre até os seus corações, fala que, na sua igreja não tem pastor, sendo que, o Senhor Jesus deixou pastores para apascentarem as suas ovelhas (o povo), conforme vemos em S.João 21-16.  Eu gosto de falar, que o Senhor Jesus foi fazer uma grande viagem, mas Ele não abandonou as suas ovelhas, Ele deixou os atuais pastores, para apascentarem suas ovelhas (S.João 21-16. Atos 20-28. 1S.Pedro 5-2).    O Salmo 23-1, onde fala que, o Senhor é o meu Pastor e nada me faltará, isso é uma profecia e acontecerá durante o milênio da restauração, os mil anos em que o Senhor Jesus estará reinando (Apoc. 20-6),os mil anos em que o satanás estará preso (Apoc. 20-2 e 20-3)   
       A palavra pastor, quer dizer: guardador de gados ou de ovelhas, é uma das profissões mais antiga do mundo. Davi éra pastor de ovelhas (1Samuel 16-11). O bom pastor, ele cuida muito bem das suas ovelhas, logo pela manhã, ele retira as ovelhas do curral, onde elas passaram a noite e leva-ás  para um bom pasto verde, fica ao redor delas vigiando, uma ou duas vezes por dias, leva-as até o bebedouro de água, se alguma se afastar do grupo, ele procura-a e trás de volta, se uma estiver fraca e doente, ele procura curá-la (Ezequiel 34-4). No final da tarde, o pastor conta todas as suas ovelhas e coloca-as dentro do curral, onde passarão a noite segura, livre dos lobos e de outros animais.
   Um pastor, para ser chamado de pastor, ele tem que apascentar as ovelhas do Senhor Jesus (os fiéis, o povo), conforme vemos em S.João 21-16. Atos 20-28 e 1 S.Pedro 5-2, do contrário, não é um pastor, ou é um falso pastor, ou um pastor inútil, que apascenta a si mesmo, conforme vemos em Ezequiel 34-2. Ez. 34-8. Ez. 34-10. A atenção do pastor deve estar voltada para os mais fracos e doentes (para os mais pobres e necessitados), conforme vemos em Ezequiel 34-4, já que, os mais ricos, os mais fortes, isto é, os sadios não precisam de médicos.
   De Ezequiel 34-1 até Ezequiel 34-31, vemos as profecias contra os pastores de Israel, os pastores de Israel já morreram, mas ainda não foram julgados, isso quer dizer, que as suas obras como pastores as acompanham até o dia do julgamento final, ainda serão julgados, assim é também, para com os atuais pastores, as suas obras como pastores as acompanharão até o dia do julgamento final, juntamente com os pastores de Israel, porque, levam o nome de pastores (não apascentam nada), recebem para isso e tem domínio sobre o povo e a Bíblia fala que, os pastores não podem terem domínio sobre o povo (1S. Pedro 5-3). A Bíblia chama os pastores de cães gulosos (Isaias 56-11) e em Mateus 7-22, vemos muitos pastores, pregadores da palavra, curadores de enfermos e expulsadores de demônios indo para o inferno, porque não APASCENTARAM os mais pobres.  Os lideres religiosos hoje, são chamados de: pastores, padres, ministros, presbíteros, missionários, bispos, etc, tudo isso são criações dos homens, mas para Deus, são todos farinha do mesmo saco, porque, são lideres religiosos, responsáveis para apascentarem as ovelhas do Senhor Jesus (S. João 21-16. Atos 20-28. 1S. Pedro 5-2). Os lideres religiosos hoje, tem a missão de tirarem dos mais ricos, para distribuírem para os mais pobres (Atos 2-45. Atos 4-34). Hoje um pastor, é responsável por uma igreja, faz três ou quatro cultos por semana, arrecada dinheiro do povo, para pagar aluguel da igreja (templo), paga conta de água e luz, pagam salários, entre outras despesas e fazem programas em rádios e TVs, aonde entra a ajuda para os mais pobres e necessitados aqui? Isso não é ato de justiça e misericórdia para com os mais pobres, esse pastor, não está apascentando nada, podemos chamar tais pessoas de pastores? Essas pessoas não são dignas de serem chamadas de pastores, se são pastores, são pastores inúteis que apascentam a si mesmo (Ezequiel 34-2. Ez.34-8. Ez. 34-10). A palavra pastor é distorcida e mal interpretada, cujo pastores comparecerão diante do tribunal de Cristo, com as mãos vazias (Mateus 7-22).  Se fazermos um estudo de Ezequiel 34-1 até Ez. 34-31, vemos Deus muito indignado com os pastores de Israel, eles não apascentavam as ovelhas do Senhor (o povo, os fiéis). Os pastores de Israel, incluindo o povo, não cuidavam dos mais pobres e necessitados e com isso, Deus tinha nojo do povo de Israel, conforme vemos de Isaias 1-11 à Is. 1-18, Deus não ouvia as orações de Israel (Isaias 1-15)
   Os que se dizem crentes (evangélicos), podemos dividirmos em dois grupos; As ovelhas gordas (os ricos) e as ovelhas magras (os pobres), Deus vai julgar entre ovelha gordas (ricos) e ovelhas magras (pobres), conforme vemos em: Ezequiel 34-16. Ez.34-17. Ez. 34-20. Ez.34-22. Se o Senhor vai julgar entre ovelhas gordas (ricos) e ovelhas magras (pobres), as ovelhas gordas (os ricos), estarão à esquerda do Senhor Jesus, para irem ao inferno, conforme vemos de Mateus 25-33 até Mat.25-46. Não é pecado ser rico, o pecado esta em ser rico ganancioso, que não ajuda os mais pobres. Construírem igrejas, arrecadarem dinheiro do povo, para manterem essas igrejas, isso não é ato de justiça e misericórdia para com os mais pobres e necessitados. A única forma de darmos dinheiro para Deus e ao Senhor Jesus, é dando aos pobres, se o seu dinheiro não for diretamente para os mais pobres, você não esta dando nada ao Senhor Jesus (Mateus 24-33 à Mat.25-46) 
    Observação: Quando eu falo que, só estará a direita do Senhor Jesus para irem ao céu, aqui também esta incluído todas as demais boas obras também, já que os homens, serão julgados segundo as suas abras praticada aqui na terra.
    Quando o Senhor Jesus voltar, Ele vai tomar as ovelhas das mãos dos atuais pastores, porque eles não estão apascentando nada (Ez.34-10. Ez.34-11. Ez.34-12), então, todos dirão: O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará (Sal.23-1), no milênio da restauração (Apoc.20-6).
     Eu sempre ouvi falar que, a cidade de Sodoma foi destruída por causa das prostituições, mas pelo que eu sei e esta escrito, Sodoma foi destruída porque não ajudava os pobres, conforme vemos em EZEQUIEL 16-49, em que diz: ESTA FOI A MALDADE (pecado) DE SODOMA, TINHA FARTURA DE PÃO E NÃO AJUDAVA OS POBRES.
     Os pastores pegam os dízimos e ofertas do povo e na hora de apascentarem os mais pobres e necessitados, que são as ovelhas do Senhor Jesus, falam que, é o Senhor Jesus que é o Pastor, vejam quanta maldade e falsidade nesse mundo religioso, o Senhor Jesus é o verdadeiro Pastor sim, mas o Senhor Jesus só estará apascentando as suas ovelhas, durante os mil anos em que Ele vai reinar aqui na terra (Apoc.20-6), então, todos dirão: O SENHOR É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ (Salmos 23-1).
     MÃOS QUE AJUDAM,  NÃO SÃO MAIS SAGRADAS QUE LÁBIOS QUE SÓ ORAM?
Os Evangélicos que tem lábios para orarem, também deveriam terem mãos PARA AJUDAREM também, praticando boas obres e principalmente na ajuda aos mais pobres e necessitados e não só ficarem ajudando pastores a construirem novas igrejas e fazerem programas em rádios e TVs, se tornando tudo em fé morta (Tiago 2-14, 2-20, 2-26)
     
E-mail:  bentomaringa@bol.com.br  -   Bento Bevilacqua

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Caro autor, certamente que em teus texto há algumas verdades e outras nem tanto, mais isto deixo para que cada um que ler tire suas próprias conclusão.

    O que gostaria de te dizer é que quando você diz os evagélicos está generalizando, nem todas as igrejas evangélicas ou pastores possuem estas práticas que mencionou.

    Eu até acredito que existam pessoas que sequer acreditam em Jesus eabrem igrejas como se fossem empresas, isto é, apenas para ganharem dinheiro, logo, não são verdadeiramente evangélicos e por isso não devem ser utilizados como parâmetros para dar identidade aos crentes.

    Eu mesmo vou na Igreja do Evangelho Quadrangular e lá somos super incentivados a ajudar os pobres, por exemplo, além disso conheço outras denominações evagélicas que também executam muito bem o evangelho segundo Cristo aqui na terra.

    Portanto, assim como existem Padre pedófelos que mancham a imagem do catolicismo, também existem pastores que não horam suas fuinções, mas nem por isso os padres da igreja católica são ruins, tampoucos o pastores evangélicos.

    O importante de tudo isso que você escreveu é que todos nós deveremos passar diante do tribunal de Cristo e seremos julgados e setenciados segundo os mandamentos de Deus. (Hebreus 9:27).

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edenor, você falou que, muitos abrem "igrejas" como se fossem empresas, mas eu nunca acreditei nesse "abrir igrejas" feito pelos homens, isso porque, a igreja do Senhor Jesus já foi aberta e fundada pelo próprio Senhor Jesus, há mais de 2 mil anos atrás, só basta nós seguirmos os seus ensinamentos. Eu não consigo entender e aceitar, os irmãos que se dizem cristãos, estarem divididos e separados por essas placas de "igrejas". Se você e eu, tememos a Deus, porque que, você tem que frequentar uma igreja e eu uma outra? Sabemos que, todas as coisas que divide e espalhe os irmãos, não são coisas de Deus.
      Você disse que eu generalizei ao falar, mas porem, Deus não pega só por meia dúzia, Deus pega de uma forma geral. Dou um exemplo: Quando o povo de Israel entrou na terra de Canaã, o povo de Israel largou o seu Deus e começou a seguir ídolos, agora eu te pergunto: Será que foi todo o povo de Israel que largou o seu Deus e começou a seguir ídolos? Eu acredito que não, então, se você olhar por esse lado, nem os profetas antigo de deus, podia falar. Veja que, os profetas antigo, colocou todo o povo de Israel no mesmo saco, mas Deus não esta fazendo nenhuma injustiça ou maldade, isso porque, Deus conhece os corações e as obras de todas as pessoas. Assim também é hoje, Deus não se baseia, e não pega por meia dúzia de pessoas ou igreja, mas sim, Ele pega de uma forma geral, e hoje, vemos que essas "igrejas" só "curam dores", então, tem coisa errada, porque Deus não esta ouvindo as oração.

      Fique na paz e na bênção - Bento

      Excluir