terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Igreja x Vinho

Igreja  x Vinho                        
Bento Bevilacqua   -  E-mail: bentomaringa@bol.com.br

        Evangélicos podem beber? O que fala a Bíblia?  Beber é pecado? Deus condena os que bebem?

      Em DEUTERONÔMIO 14-26, Deus manda beber vinho, e toda a bebida forte (pinga, wiski), perante Ele, mas porem, aqui Deus esta falando para um povo (Israel) santo e justo, isso porque, Israel deveria ser um povo santo e justo diante de Deus, e com isso, Israel poderia beber vinho e toda a bebida forte (pinga, wiski), perante Deus (Deut. 14-26). Isso quer dizer que, se você é um homem justo que AJUDA OS POBRES E NECESSITADOS, entre outras boas obras, você pode alegrar o teu coração com um vinho, perante o Senhor. Em Eclesiastes 9-7, manda você beber o teu vinho, com um bom coração (coração justo, diante de Deus), Deus tem que ter prazer em ti, mas porem, se você é injusto, se Deus não agrada de ti, você estará bebendo para a sua própria condenação, entendeu?  A Bíblia fala que, os que bebem (os beberrões) ficarão de fora, e não entrarão no céu, a Bíblia aqui esta se referindo aos que bebem (beberrões), e não temem a Deus,  não praticam a justiça, esses beberrões injustos, realmente não herdarão a nova terra, e nem entrarão no céu. Veja então, que a Bíblia não se contradiz, ela é mal interpretada, isso porque, em Deuteronômio 14-26, vemos Deus mandando beber vinho e bebida forte perante Ele, e em outra passagem fala que, os beberrões (os que bebem) não entrarão no céu, então, a Bíblia estaria se contradizendo? Mas a Bíblia não se contradiz, não, ela é mal interpretada, por “pastores e evangélicos” radicais, que se consideram os “donos” da verdade, se consideram “santos”, mas não passam de homens tapados e sem entendimentos. Ninguém vai se tornar santo, ou deixar de ser santo, por beber, sim ou não. Vemos homens amados de Deus (Noé, Abraão, Davi, etc.) que bebiam vinhos, e não eram condenados por Deus, ao contrario, Deus mandava beber e se alegrar na sua presença (Deut.14-26), mas porem, que não se compareça dentro da Igreja bêbado, coisa que Deus não quer, assim como os sacerdotes de Deus não eram proibidos de beber, mas sim, eram proibidos de comparecer perante Deus (ministrar) bêbados, conforme vemos em Levítico 10-9 e Ezequiel 44-21 (Em Ezequiel 44-21, é uma profecia, que ainda vai acontecer, após o Apocalipse, no milênio da restauração). 

   Tem duas formas de beber: Com um coração alegre e justo diante de Deus. Os ímpios e injustos, que bebem para a sua própria condenação.

1-Com um coração justo, e alegre diante de Deus, cujo Deus manda beber vinho e todas as bebidas forte, na sua presença (Deuteronômio 14-26). Mas esse beber aqui, são para os que praticam a justiça, e praticar a justiça, é ajudar os mais pobres e necessitados, entre outras boas obras, e não ficar só frequentando uma “igreja”, ler a Bíblia, cantar hinos, fazer orações, essas coisas, fazem parte na vida de um Cristão, mas não são atos de justiça e misericórdia para com os mais pobres e necessitados, entendeu?

2-Os injustos, os que não praticam a justiça, os que não agradam a Deus, e que estão bebendo para a sua própria condenação. São esses beberrões aqui (que bebem), que não entrarão no céu, nem herdarão a terra, entendeu?     

  Vemos mais abaixo, uma reportagem de um “pastor”, condenando ou julgando o Senhor Jesus, pelo fato do Senhor ter transformado a água em vinho, em um casamento (S.João 2-9).

  Vamos vermos algumas passagens, não que eu estou incentivando as pessoas a beberem, mas sim, descobrir a verdade, sobre a igreja e a bebida.

- Noé bebeu vinho (Gênesis 9-21), e se despiu (ficou nu). O pecado não esta no beber, sim ou não, mas sim, mas graves consequências que isso trás, tal como, dirigir bêbado, ou beber e brigar com a mulher e os filhos. Ainda que um homem sábio e temente a Deus venha a beber, ele não fará tais coisas. Ele não conseguirá provocar escândalo, pelo temor a Deus.   

- O Sacerdote Melquizedeque levou vinho para Abraão (Gênesis 14-18). O vinho é uma forma de alegrar o coração.

- Isaque bebia vinho (Gênesis 27-25). Vemos que os homens de Deus bebiam vinho, e não eram condenados por Deus, ao contrário, eram amados por Deus. Dizem que, os vinhos de antigamente não tinha álcool, mais tinha fermento, que é bem mais forte ainda.

- José bebe com os seus irmãos (Gênesis 44-34). José estava muito feliz, por ter encontrado os seus irmãos, e para comemorar tal acontecimento, ele foi beber com os irmãos.

- Os Sacerdotes levitas, não podiam beber vinho,  QUANDO ENTRAVAM NA TENDA da congregação (Levítico 10-9). Em Ezequiel 44-21, fala que (durante o milênio da restauração, aqui é uma profecia que ainda vai acontecer, após o Apocalipse), nenhum sacerdote beberá vinho, QUANDO ENTRAR NO ÁTRIO interior. Vemos nessas passagens, que os sacerdotes de Deus, não eram proibidos por Deus, de beber vinho, só não podia beber e comparecer perante Deus, para ministrar, assim também é hoje, um pastor não pode beber e dirigir um culto.   

- Deus manda beber vinho, e bebida forte, diante dEle (Deuteronômio 14-26). Esse beber que Deus esta falando aqui, é um beber para pessoas justos, para as pessoas que praticam a justiça, perante Deus, principalmente na ajuda aos mais pobres e necessitados, e os injustos que bebem, estão bebendo, para a sua própria condenação, entendeu?   

- A videira (pé de uva) disse: Deixaria eu o meu mostro (vinho) que alegra a Deus e aos homens (Juízes 9-3)? Nessa parábola, a videira que foi feita por Deus, está falando que, ela agrada a Deus e aos homens, com o seu mostro.

- Ana leva um odre de vinho, para a Casa do Senhor (1Samuel 1-24). Vemos aqui, Ana levando um odre de vinho para a Casa  (Templo) do Senhor. Esse odre de vinho, só tem duas explicações: Ou era para oferecer a Deus, ou era para os sacerdotes de Deus, beberem. Se vinho é uma maldição, então Ana levou uma maldição para a Casa de Deus.

- Jessé envia um odre de vinho para o rei Saul (1Samuel 16-20). Jesse era um homem temente a Deus, e ele fazia vinho. O rei Saul era um ungido de Deus, e vemos que ele bebia vinho.

- Abigail, envia dois odres de vinho para Davi (1Samuel 25-18). Davi foi um homem amado e ungido de Deus, e vemos aqui, que ele bebia vinho.

- Ziba, leva um odre de vinho para Davi (2Samuel 16-1). Se Davi recebia vinho, era para ele beber, isso prova que, Davi bebia vinho, e não vemos Deus condenando essas pessoas, por beberem vinho.

- Os que estavam cansados no deserto, bebiam vinho (2Samuel 16-2). O vinho era e é, uma forma de aliviar o cansaço, e alegrar o coração, foi o que o Sacerdote Melquezideque fez, foi ao encontro de Abraão, e levou pão e vinho (Gên.14-18).

- Davi dá um frasco de vinho, para todo o povo de Israel (1Cronicas 16-3). Vemos o próprio Davi aqui, dando vinho para o povo.

- Os filhos de Jô bebiam vinho (Jô 1-18). Vemos aqui, que o vinho não era condenado por Deus, lá no velho Testamento. Os que são condenados por Deus, são as nossas maldades e as nossas injustiça, principalmente o amor e ajuda para os mais pobres e necessitados.

- O vinho alegra o coração do homem (Salmos 104-15). O vinho alegra o coração do homem, mas o homem deve estar com um coração alegre, perante Deus, obedecendo as suas leis e mandamentos.

- Bebe com bom coração, o teu vinho (Eclesiastes 9-7). Se você é justo perante Deus. Se Deus se agrada das tuas obras, coma o teu pão e beba o teu vinho, com um bom coração (Eclesiastes 9-7)

- Nas bodas do Senhor Jesus, aqui na terra (nova terra), após o Apocalipse, Deus dará uma festa para todas as nações, com vinhos puros e bem purificados (Isaías 25-6). Esse vinho, sairá da vinha falado em Isaías 27-2, onde fala que, terá uma vinha que produzirá vinho.

- E naquele dia (milênio da restauração) haverá uma vinha de vinho tinto (Isaías 27-2), para a produção de vinho, para as bodas do Senhor Jesus, que terá vinho puro e bem purificado (Isaías 25-6), assim como o vinho feito pelo Senhor Jesus (S.João 2-9).

- Jerusalém (Todo Israel) esta embriagada, não de vinho, mas sim, de sangue inocente (Isaías 51-21), que é a grande prostituta embriagada de Apocalipse 17-6. Seria melhor que, Jerusalém (todo Israel) estivesse embriagada de vinho, porque, após um banho, e uma boa noite de sono, tudo volta ao normal pela manhã. (Israel derramava muito sangue inocente na terra de Canaã - Capítulo 22 do blog-1: www.sabiosentenderao.blogspot.com)

- Israel derramava vinho perante o Senhor (Oséias 9-4).  Em 1Samuel 1-24, vemos que Ana leva um odre de vinho para a Casa do Senhor, isso porque, o vinho alegra a Deus e aos homens, conforme vemos a parábola  (Juízes 9-3).

- Após Deus restaurar o povo de Israel. Após as tribulações do Apocalipse, o povo de Israel
vai plantar vinhas, e beber do seu vinho (Amós 9-14). Israel não vai plantar vinhas, para outros beberem o vinho (Isaías 65-21).

- O Senhor Jesus fala que, não podemos colocar vinho novo em barris velho (Lucas 5-37). Vemos aqui, que o Senhor Jesus não está condenando o vinho, ao contrário, Ele até esta ensinando como conservar o vinho novo.

- O Senhor Jesus fala que, o vinho velho é melhor (Lucas 5-39). Ele não esta proibindo o vinho e nem falando que é maldição alguma, ao contrário, Ele esta falando que o vinho velho é melhor. Se eu estou incentivando as pessoas a beberem, o senhor Jesus também, está, isso porque, não vemos Ele condenar, mas sim, Ele condena as nossas maldades e injustiças, principalmente para com os mais pobres e necessitados.

- O Senhor Jesus fala que não beberá mais da vinha, até que venha a beber novamente no reino de Deus (Marcos 14-25), na sua bodas (Isaías 25-6 e 27-2). O Senhor Jesus bebia vinho com os seus discípulos, e Ele esta falando que, vai beber novamente, mas no reino de Deus, isto é, após as tribulações do Apocalipse, todos os reinos da terra serão de Deus e do Senhor Jesus (Apocalipse  11-15), durante os mil anos em que o Senhor Jesus vai reinar aqui na terra (Apoc.20-6), que é o milênio da restauração (nova terra), e com isso, Deus dará uma grande festa no monte Sião, em Jerusalém (nova Jerusalém) a todos os povos e nações, com vinhos puros e bem purificados (Isaías 25-6), que serão as bodas do Senhor Jesus, cujo vinho puro, virá de uma vinha especial de Deus (Isaías 27-2)  

- Jesus transforma a água em vinho (S. João 2-9). Se a bebida (vinho) é uma maldição, então, o primeiro milagre do Senhor Jesus, foi uma maldição. Quando o Senhor Jesus foi convidado para a festa de casamento, o Senhor Jesus não ficou condenando as pessoas, porque as pessoas estavam bebendo, ao contrário, após acabar o vinho, Ele deu mais vinho para o povo. Hoje existem muitos “pastores” e “evangélicos” que são uns verdadeiros estragam festas. Se fosse esses “pastores” e “evangélicos” que tivessem sido convidados para a festa de casamento, a festa que o Senhor Jesus foi convidado, esses “pastores” e “evangélicos” iriam falarem, assim: Parem de beber. Beber é pecado, e com isso, esses homens (pastores, evangélicos) iriam estragarem a festa, seriam os estragam prazeres, ao contrário do Senhor Jesus, deu mais vinho para o povo, através do seu primeiro milagre (S.João 2-9). É por isso, que muitos “pastores e evangélicos” não serão convidados para a grande festa que Deus dará em Jerusalém (Isaías 25-6), que são as bodas do Senhor Jesus, e na festa das bodas, terão vinhos puros e bem purificado (Isaías 25-6 e Isaías 27-2), e muitos “pastores e evangélicos” que são injustos (não ajudam os pobres) não são dignos de beberem nessa festa, a alem do mais, terão vinhos puros e bem purificados, e pelos fatos de não serem dignos de beberem, vão estragar e acabar com a festa (as bodas do Senhor). 
     
    Quando o Davi estava fugindo dos seus inimigos, e com fome, ele chegou ao Templo de Deus, e comeu o pão santo, que ficava diante do Altar de Deus, que por lei, ele não podia comer, somente os sacerdotes levitas, ele comeu, e nada aconteceu com ele, isso porque, Davi era um homem justo perante Deus, Deus tinha prazer em Davi, mas se fosse ou outro
homem qualquer, o tal morreria, ou seria atacado por alguma maldição. Vejam que, o homem justo, é amado e protegido por Deus.
    Os “pastores” e “evangélicos”, vão e pegam ao pé da letra, do que está escrito na Bíblia, e falam assim: Os que bebem, não vão para o céu, mas porem, a Bíblia se refere aos que não temem à Deus, e aos que não praticam a justiça, esses beberrões injustos, realmente não herdarão a nova terra, e nem vão para o céu, porque, somente os justos herdarão a nova terra (Capitulo 102 do blog-1:  www.sabiosentenderao.blogspot.com) .                                                                                            
    O pastor fala assim: O Antonio bebia, e parou de beber, mas porem, ninguém vai para o céu, porque não bebia, ou parou de beber. O Senhor Jesus não vai colocar a sua direita para irem ao céu, os que não bebem, ou os que pararam de beberem, mas sim, os que temem a Deus e ajuda os mais pobres e necessitados aqui na terra (Mateus 25-33 a 46).
    Davi fala que, não existia nenhum homem de Israel que fazia o bem, todos de Israel se desviaram (Salmos 14-3). Deus não encontrou um homem que fazia justiça dentro de Jerusalém (Jeremias 5-1). Fazer justiça que Deus quer e pede, é ajudar os mais pobres e necessitados, e não somente ir na igreja e ler a Bíblia, isso não é ato de justiça e misericórdia para com os mais pobres e necessitados, a prova disso, é que o povo de Israel ia na igreja (Templo), fazia orações, oferecias sacrifícios de animais a Deus, oferecia incensos, fazia jejuns, e apesar de tudo isso, Deus tinha nojo do povo de Israel (Ver Isaías 1-11 a 18), Deus nem ouvia as orações de Israel (Is.1-15). Deus nem aceitava os jejuns de Israel (Jer.14-12), isso porque, Israel não ajudava os pobres e necessitados (Is.1-17 e 18 – Capítulo 23 do blog-1: www.sabiosentenderao.blogspot.com). Eu quero dizer com tudo isso, se naquele tempo, Deus não encontrou nenhum homem dentre o povo de Israel que era justo, que fazia o bem (Sal.14-3, Jeremias 5-1), e hoje, temos pessoas justas? Muitos são justos perante os seus próprios olhos, ou pelos olhos de outras pessoas, mas isso, não significa que tal pessoa é justa diante de Deus. Isso quer dizer que, por mais justa que seja uma pessoa aqui na terra, perante o olhar santo de Deus, essa pessoa ainda é injusta. Hoje as “igrejas” estão cheios de pastores e evangélicos, “cheios” de fé, mas porem, está escrito que, não se sabe, se na volta do Senhor Jesus, se ainda encontrará fé na terra. Aqui, está falando de uma fé viva, de uma fé praticante, e não de uma fé morta, uma fé que não salva (Tiago 2-14, 2-20, 2-26).
    A cidade de Jerusalém (todo o povo de Israel) estava (ainda está) embriagada de sangue inocente (Isaías 51-21), isso porque Deus fala, que ela (Jerusalém) não está embriagada de vinho, mas sim, de sangue inocente, e seria melhor, que Jerusalém (todo o povo de Israel) estivesse embriagada de vinho, isso porque, após um banho, e uma noite de sono, amanhã tudo volta ao normal (Jerusalém – Todo Israel- é a prostituta embriagada de sangue, que vemos em Apoc.17-6, isso porque, Jerusalém (todo Israel) matava os profetas de Deus, incluindo o Senhor Jesus, e derramava muito sangue inocente na terra de Canaã – Capítulo 22 do blog-1: www.sabiosentenderao.blogspot.com). Deus vingará o sangue (Cap.160 do blog-1)
     Eu quero dizer com tudo isso, que hoje, de um modo geral, temos um mundo “religioso” embriagado de injustiça, e seria bem melhor, se o mundo religioso de hoje (pastores, evangélicos) estivessem embriagados de vinho, e estivessem bebendo diante (na presença) de Deus, conforme Ele mandou Israel beber e alegrar diante dEle, conforme vemos em Deut.14-26      
   Se você não bebe, continue assim, e não venha a beber. Se você é fraco, bebe e perde o juízo, e faz besteira, provoca escândalos, para de beber. Não beba para a sua condenação.
   Como já disse: Os ímpios, os que não temem a Deus, e injustos, estão bebendo para a sua própria condenação, isto é, estão bebendo indignamente, porque não estão bebendo na presença do Senhor, assim como ele manda beber em Deuteronômio 14-26. Veja que, Deus não está condenando a bebida, só esta falando para beber na sua presença, e para Deus aceitar a sua presença, você tem que ser uma pessoa justa, diante dEle, e não justa diante dos homens, ou justa diante dos teus próprios olhos.
Nota: Eu não sou um bêbado. Tomo duas cervejas no final de semana, a noite e em casa. Nos bares e lanchonete, eu não tomo e não quero nem de graça. Não tenho medo do julgamento dos homens, por tal coisa (duas cervejas). E eu tomo essas duas cervejas, com um coração muito alegre, conforme fala em Eclesiastes 9-7, porque eu já tenho revelado as profecias para o mundo (queira sim ou não). Ainda que eu venha a ficar bêbado, o temor à Deus dentro de mim, não permite que eu venha a fazer maldades ou injustiças. 
 Alguém vai achar algumas passagens na Bíblia, para me condenar. Sem problema, tô de paz
------------------------------------------------------------------------
Bento Bevilacqua  -  E-mail: bentomaringa@bol.com.br
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX          

Milagre de Jesus para o Bispo Macedo da Igreja Universal não trouxe beneficio algum – Assista

maio 16, 2013 Por (nome do autor) inforgospel.com · Deixe um Comentário
Arquivado em: Informações Gerais 
2
http://blogs.odiario.com/inforgospel/files/2013/05/edir-macedo-critica-primeiro-milagre-de-Jesus-imagem-you-tube-a-300x222.pngBispo Edir Macedo líder da Igreja Universal do Reino de Deus declara que o primeiro milagre realizado por Jesus no começo do seu Ministério não trouxe nenhum beneficio as pessoas. O pastor Renato Vargens em post no seu blog refuta esta linha tomada pelo líder.-Confira, ASSISTA e comente…
Em vídeo postado no You Tube mostra a pregação Bispo Edir Macedo realizada em uma das vigílias organizadas pela Igreja Universal do Reino de Deus. que acabou vindo a http://blogs.odiario.com/inforgospel/files/2013/05/agua-em-vinho-milagre-Jesus-ilustraAao-274x300.pngconhecimento do pastor Renato Vargens que escreveu em seu blog artigo rebatendo a interpretação do Bispo Macedo na pregação, quanto a importância do primeiro milagre que Jesus realizou na festa de casamento.
http://blogs.odiario.com/inforgospel/files/2013/05/edir-macedo-critica-primeiro-milagre-de-Jesus-imagem-you-tube-300x208.pngO Bispo se mostra convicto do que diz ao afirmar que o primeiro milagre realizado por Jesus nas Bodas de Canaã não trouxe nenhum beneficio a ninguém, e ao discursar desafia a igreja presente a mostrar o contrario daquilo que ele esta dizendo, no entanto a igreja se limita a tão somente concordar com as palavras do Bispo sem contestar.
Assista o momento da pregação onde o Bispo faz criticas ao primeiro milagre de Jesus e no final do post o vídeo completo:
- Leia o artigo do pastor Renato Vargens comentando a posição do Bispo Edir Macedo e comente….
BISPO MACEDO CRITICA O PRIMEIRO MILAGRE FEITO POR JESUS
http://blogs.odiario.com/inforgospel/files/2012/01/Pr.-Renato-Vargens.jpgA coisa anda tão complicada que nem Jesus serve mais! Infelizmente o evangelho pregado por alguns é tão humanista que fica difícil eles acreditarem num Deus soberano.
O Bispo primaz da IURD, Igreja Universal do Reino de Deus, senhor Edir Macedo afirmou com todas as letras que o Senhor Jesus cometeu o equivoco de transformar água em vinho, (veja o vídeo abaixo) quando deveria prioritariamente ter transformado as vidas das pessoas. Macedo também diz que ele não viu propósito no primeiro milagre de Jesus e que no seu ponto de vista o Senhor não deveria tê-lo feito.
Caro leitor, eu tenho uma posição firmada quanto a Igreja Universal do Reino de Deus e conforme já escrevi anteriormente não acredito que esta seja uma igreja genuinamente evangélica.
A afirmação do Bispo Macedo não me surpreende em nada, até porque, seus ensinamentos, doutrinas e pregação em muito se contrapõe as verdades defendidas pelas Escrituras.
Ora, quem somos nós para questionarmos as ações do Senhor? Quem somos nós para questionarmos a justiça de Deus? Quem somos nós para não aceitarmos a vontade soberana de Deus? Pois é, o problema é que  a IURD e suas parceiras de fé  pregam um evangelho diferente dos evangelhos e a consequência direta disso é a multiplicação de desvios doutrinários.Prezado amigo, nós protestantes cremos que o nosso Deus é Soberano e que majestosamente reina e governa sobre tudo. Além disso, cremos na Bíblia como palavra inerrante de Deus e que tudo que nela está Escrito é Palavra infalível do Senhor.
Isto posto, sou obrigado a concordar que as doutrinas de Edir Macedo não são cristãs e que afrontam de forma veemente tudo aquilo que os apóstolos e reformadores ensinaram. Resta-nos portanto rogar ao Senhor que tenha misericórdia do povo brasileiro livrando-os dos enganos ensinados pela universal do Reino de Deus.
Com lágrimas nos olhos,
Renato Vargens

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Efésios 5
    …17 Portanto, não sejais faltos de juízo, mas buscai compreender qual é à vontade do Senhor. 18 E não vos embriagueis com vinho, que leva à devassidão, mas deixai-vos encher pelo Espírito, 19 falando entre vós com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Senhor, … (o que vc me explica sobre isso?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voc~e não deve se embriagar, é uma grande diferença, assim como também a glutonaria é condenada, porém não devemos nos abster de comer...

      Excluir